Campanha Quem Ama Abraça é lançada no Ceará

:: Portal Brasil

Cidadania e Justiça

Campanha Quem Ama Abraça é lançada no Ceará

Combate à violência de gênero

Objetivo é promover ações lúdicas nas escolas que falem sobre o respeito à mulher
por Portal Brasil publicado: 05/06/2014 14:32 última modificação: 05/06/2014 14:34
Crédito?Divulgação/SPM 

Evento aconteceu no Auditório João Frederico Ferreira Gomes da Assembleia Legislativa, em Fortaleza(CE)

A campanha “Quem Ama Abraça - Fazendo Escola” foi lançada na tarde dessa quarta-feira (4), no Auditório João Frederico Ferreira Gomes da Assembleia Legislativa, em Fortaleza (CE). O objetivo da iniciativa é promover ações lúdicas que falem sobre o respeito à mulher mobilizando escolas, crianças e adolescentes no combate à violência contra a mulher. 

A campanha é promovida pela Rede de Desenvolvimento Humano (Redeh) e do Instituto Magna Mater (IMM), em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR). 

A secretária adjunta de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres da SPM, Rosângela Rigo, destacou durante o evento que o Brasil é o 7° lugar no ranking nacional em mortes de mulheres. Segundo ela, 80% dos agressores são homens, parceiros e ex-parceiros. 

“Apesar dos números, o governo federal tem trabalhado e investido bastante contra a violência em mulheres. Com essa campanha, por exemplo, os jovens são conscientizados que a violência não é normal. É importante também que a sociedade e as mulheres que são agredidas denunciem essa agressão através do Ligue 180, para que as providências possam ser tomadas”, pontuou Rosangela Rigo. 

No Estado do Ceará, além da Assembleia Legislativa, aderiram à campanha a Secretaria da Educação e a Coordenadoria de Políticas Públicas para a Mulher. A presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Mulher da Assembleia Legislativa do Ceará, deputada Fernanda Pessoa (PR), ressaltou a importância de divulgar a campanha nas escolas do Ceará. “A agressão contra as mulheres não pode mais ser vista como uma coisa normal. É preciso trabalhar dentro das escolas, desmistificando a normalidade da violência doméstica, para que o jovem de hoje seja um adulto consciente amanhã”, disse. 

A coordenadora de Políticas para as Mulheres do Estado do Ceará, Mônica Barroso, ressaltou a importância de desconstruir a política da violência. “Muitas vezes, os professores são os primeiros a notar quando um jovem é vitima de violência dentro de casa. É importante que cada coordenador e professor esteja preparado para saber como agir e que cada jovem aprenda a desconstruir a violência presente em cada lar”, disse. 

Estavam presentes no evento o secretário da Educação do Estado, Maurício Holanda; a diretora da Rede de Desenvolvimento Humano (Redeh), Patrícia Moura; o coordenador do programa Geração da Paz, Flávio Mesquita, além de coordenadores, professores e alunos de escolas cearenses. 

Fonte: 

Secretaria de Políticas para as Mulheres

 

Artigos Relacionados
Escola Profissional Edson Queiroz Homenageia Rubem Alves e Ariano Suassuna
Escola Profissional Edson Queiroz Homenageia Rubem Alves e Ariano Suassuna
  O Dia Nacional do Escritor, 25 de julho, foi comemorado em grande estilo na EEEP Edson Queiroz, da Crede 9, com homenagem a Rubem Alves e a Ariano Suassuna. &nbs
18/06/2014 - 21h20 Número de inscritos no Ceará para o Enem aumentou 15,27% em relação a 2013
18/06/2014 - 21h20 Número de inscritos no Ceará para o Enem aumentou 15,27% em relação a 2013
Fonte: O POVO On-line 18/06/2014 - 21h20 Número de inscritos no Ceará para o Enem aumentou 15,27% em relação a 2013 notícia 1 comentários Camila Hol
Centec e Seduc abre vagas para estagiários do Projeto e-Jovem, no CE
Centec e Seduc abre vagas para estagiários do Projeto e-Jovem, no CE
  Projeto e-Jovem 20/06/2014 - 09h30 Centec e Seduc selecionam estagiários, assistentes e instrutores   notícia 0 comentários O Insti



Governo do Estado do Ceará