Seduc, MPCE e Instituto DimiCuida promovem 1ª Semana de Mobilização e Conscientização sobre Brincadeiras Perigosas

A Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc), por meio da Célula de Mediação Social e Cultura de Paz, em parceria com o Ministério Público do Estado do Ceará e o Instituto DimiCuida, realizarão no dia 05 de Junho de 2018, o Seminário “Brincadeiras perigosas: O impacto da vida digital para crianças e adolescentes”, que faz parte da Semana Estadual de Mobilização e Conscientização sobre as Brincadeiras Perigosas. O evento será no auditório da Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado (Seplag), no Centro Administrativo do Cambeba, no próximo dia 05 de junho, terça-feira, das 08h30 às 17h, e reunirá profissionais de diversas áreas, sobretudo da Educação e da Saúde, com o objetivo de debater e alertar sobre os perigos das brincadeiras perigosas difundidas na internet.

 

Durante o seminário serão realizadas quatro palestras que abordam: O que são as brincadeiras perigosas, suas características e como são disseminadas no meio virtual, com Demétrio Jereissati e Fabiana Vasconcelos - Instituto DimiCuida; Saúde na rede, com a Dra. Evelyn Eisenstein - Sociedade Brasileira de Pediatria e E.S.S.E. Mundo Digital;  O papel da família e da escola na educação digital de crianças e adolescentes, com a Dra. Camila Jimene – Nethics Educação Digital; e O marco civil da internet e seus desafios, com o Dr. Caio César Carvalho Lima – Ópice Blum.

 

Em 2017, o governador Camilo Santana instituiu, no âmbito do Estado do Ceará, a Semana Estadual de Mobilização e Conscientização sobre as Brincadeiras Perigosas, a ser realizada, anualmente, na primeira semana do mês de junho, sob a LEI N.º 16.341, de 13.09.17.

 

Os jogos de não-oxigenação são “brincadeiras” disseminadas na internet e praticadas por crianças e jovens do mundo inteiro, que deixam sequelas muitas vezes irreversíveis ou levam ao óbito.

 

Para participar, os interessados deverão se increver pelo formulário eletrônico: https://goo.gl/C5k3VV. As vagas são limitadas.

 

Sobre o Instituto DimiCuida

 

O Instituto DimiCuida nasceu após um jovem de 16 anos perder a vida praticando o jogo do desmaio. Visando preservar a vida de outros jovens, a instituição desenvolve pesquisas e estudos, mantendo uma troca permanente de informações com outras entidades do mundo. Já promoveu, em Fortaleza, dois Colóquios Internacionais sobre Brincadeiras Perigosas. Desenvolve uma agenda permanente de trabalhos de prevenção e conscientização para pais, crianças e jovens, além de profissionais das áreas de educação, segurança pública, do direito e de saúde.

 

Serviço


Data: 05 de Junho de 2018 (terça-feira)
Hora: 08h30 às 17h00
Local: Auditório do Seplag - Centro Administrativo do Cambeba - Av. Ministro José Américo, S/N - Cambeba, Fortaleza – CE
Inscrições: https://goo.gl/C5k3VV

 

Mais informações:
Célula de Mediação Social e Cultura de Paz
(85) 3101.4375 / 3101.2693/ 3101.3928
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.">O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

 

30.05.2018
Assessoria de Comunicação da Seduc

Artigos Relacionados
COPEM realiza campanha para doação de leite para o Iprede
COPEM realiza campanha para doação de leite para o Iprede
    A Coordenadoria de Cooperação com os Municípios (COPEM), através da Célula de Educação Infantil est&aac
Servidores/pensionistas aniversariantes de janeiro e fevereiro, que não fizeram recadastramento, tiveram benefícios bloqueados
Servidores/pensionistas aniversariantes de janeiro e fevereiro, que não fizeram recadastramento, tiveram benefícios bloqueados
O servidor deve procurar qualquer agência do Bradesco para que em cinco dias úteis seja feito o desbloqueio. Cerca de três mil servidores (ativos e a
Seduc promove formação Brincadeiras Perigosas: Riscos e Impactos do Mundo Digital para a Criança e o Adolescente
Seduc promove formação Brincadeiras Perigosas: Riscos e Impactos do Mundo Digital para a Criança e o Adolescente
Secretaria da Educação do Estado do Ceará,  por meio da Célula de Mediação Social e Cultura de Paz,  em parceria com o



Governo do Estado do Ceará